Fundação Instituto Fernando Henrique Cardoso

Mensagem de FHC

150512 RETRATOS IFHC 005
Acervo Pr.FHC
No dia 22 de maio, o iFHC completa dez anos. Nesse período, a instituição ganhou vida cada vez mais ativa e se firmou como um espaço relevante de debate, produção e disseminação de conhecimento. Um espaço apartidário para discutir, buscar entender e ajudar a enfrentar desafios que se colocam para todos nós, como brasileiros, mas também como parte da humanidade, neste começo do século XXI.
Como avançar na direção de uma governança democrática em nosso país, mas também em escala global, para lidar com desafios que ultrapassam as fronteiras nacionais, como por exemplo a mudança climática? Como aumentar a qualidade da democracia representativa, incorporando novas possibilidades de participação que se abrem com a revolução das tecnologias de informação e comunicação? Como fazer o difícil trânsito da condição de país em desenvolvimento para a de país desenvolvido, combinando investimento em capital físico e capital humano?
Em torno dessas e outras questões, nesses dez primeiros anos do iFHC, realizamos mais de 150 seminários e conferências, com intelectuais, políticos e líderes da sociedade no Brasil e no mundo, desenvolvemos estudos com centros de pesquisa em vários países, publicamos quinze livros, constituímos uma rede de instituições parcerias.
Crescemos também como centro de documentação do período da história brasileira que me tocou viver como político e intelectual e no qual sigo ativo como homem público. Mais de 50 mil documentos de meu acervo, já estão disponíveis na Internet, resultado de um trabalho incessante de organização e digitalização desse material, que incorpora também os arquivos de Ruth, minha mulher, como antropóloga e ativista social, além de papéis de meu pai e meu avô, ambos com vida política e militar destacada.
Nesse mesmo período, cerca de 15 mil alunos do ensino médio e da universidade visitaram a exposição que organizamos sobre a luta para democratizar o Brasil e acabar com a hiperinflação, chamada “Um plano real”. Outros tantos participaram de conversas comigo, sobre temas da história e da política do Brasil, em “Diálogos com um Presidente”, um programa em que compartilho meu conhecimento e minhas opiniões com jovens alunos, sem fazer proselitismo político.
Graças à tecnologia e principalmente às mídias sociais, hoje a maior parte de nossas atividades está não apenas registrada em vídeos, mas também disponível para o grande público. Essa possibilidade de alcançar um número sempre crescente de pessoas nos anima, ainda mais, a intensificar e melhorar, sempre, as atividades do iFHC.
Dez anos de existência já é alguma coisa, mas é apenas o começo para uma instituição que veio para perdurar, renovando-se com o tempo, mas fiel aos valores democráticos que estão na sua origem e no seu DNA.