Fundação Instituto Fernando Henrique Cardoso

Vida e obra de FHC

Sociólogo, professor e pesquisador, escreveu sobre mudança social, desenvolvimento e democracia. Foi senador, ministro das Relações Exteriores e da Fazenda, e presidente da República.

Artigos na Imprensa

Desde o início de sua carreira intelectual e científica, Fernando Henrique Cardoso esteve presente no debate público. Foi, entretanto, o regime militar o responsável pela revelação do seu talento como jornalista. Após sua exclusão da atividade docente pelo Ato Institucional nº 5, Cardoso escreveu regularmente nos jornais de oposição, como Opinião e Movimento, e teve mais de um artigo censurado. Mais tarde, então senador, assumiu uma coluna semanal na Folha de S.Paulo, às quintas-feiras, de 1981 a 1992, comentando amplamente, por exemplo, os debates da Assembléia Nacional Constituinte.

No momento, é possível ler os textos de todos os artigos publicados, desde 2003, no primeiro domingo do mês, na coluna Espaço Aberto, de O Estado de S.Paulo.

Para acessá-los, clique na respectiva referência.

Diário de São Paulo

1959
A estrutura da indústria de São Paulo. 30 abr. 1959. Aspectos da Civilização Paulista. Edição Especial.

Folha de S.Paulo, 1974-2005

1974
A emergência de um novo poder mundial. 8 set. 1974. Novas utopias, p. 6-7.

1976
Alternativas brasileiras. 15 ago. 1976. Tendências/Debates, p. 3.
Ainda as alternativas. 22 ago. 1976. Tendências/Debates, p. 3.
Juscelino e o estilo. 26 ago. 1976. Tendências/Debates, p. 3.
O tempo da democracia. 12 set. 1976. Tendências/Debates, p. 3.
Rousseau e a democracia. 21 set. 1976. Tendências/Debates, p. 3.
Democracia, hoje. 28 set. 1976. Tendências/Debates, p. 3.
A responsabilidade das elites. 12 out. 1976. Tendências/Debates, p. 3.
As injustiças e o silêncio. 24 out. 1976. Tendências/Debates, p. 3.
Eleições: o fato e a versão. 31 out. 1976. Tendências/Debates, p. 3.
As eleições e os partidos. nov. 1976. Tendências/Debates, p. 3.
E agora? 28 nov. 1976. Tendências/Debates, p. 3.

1977
A questão da democracia contemporânea. 17 jul. 1977. Tendências/Debates, p. 3.
A sucessão e o percurso. 16 set. 1977. Tendências/Debates, p. 3.
O diálogo e a constituinte. 1º dez. 1977. Tendências/Debates, p. 3.

1978
Os males do presente e as esperanças do futuro. 8 jan. 1978. O Futuro Hoje, p. 4.
A vez e a hora das oposições. 1º mar. 1978. Tendências/Debates. p. 3.
A cidade e D. Paulo. 14 mar. 1978. Tendências/Debates, p. 3.
Os trabalhadores e a democracia. 28 maio 1978. Tendências/Debates, p. 3.
A saída civil. 10 set. 1978. Tendências/Debates, p. 3.

1979
Política e Corrupção. 1979. Tendências/Debates, p. 3.
Democracia lenta e insegura. 14 jan. 1979. Tendências/Debates, p. 3.
A fronda conservadora. 21 jan. 1979. Especial, O Brasil Depois de Geisel, p. 5-6.
Partido dos Trabalhadores. 28 jan. 1979. Tendências/Debates., p. 3.
Os rumos da oposição (1). 24 maio 1979. Tendências/Debates, p. 3.
Os rumos da oposição (2). 17 jun. 1979. Tendências/Debates, p. 3.
Ainda é tempo. 12 ago. 1979. Tendências/Debates, p. 3.
A lei e a vida. 21 nov.1979. Tendências/Debates, p. 3.
A insensibilidade das elites. 8 dez. 1979. Tendências/Debates, p. 3.

1980
Sem ilusões. 4 abr. 1980. Tendências/Debates, p. 3.
Ainda a greve. 7 maio 1980. Tendências/Debates, p. 3.
Violência e reação. 22 jun. 1980. Tendências/Debates, p. 3.

1981
Semeadura de vento. 15 jan. 1981. Opinião, p. 2.
Assalariados de 2ª classe. 22 jan. 1981. Opinião, p. 2.
A oposição desperta. 31 jan. 1981. Opinião, p. 2.
O presidente e a sociedade civil. 5 fev. 1981. Opinião, p. 2.
A caricatura do getulismo. 12 fev. 1981. Opinião, p. 2.
Corrupção e violência. 19 fev. 1981, Opinião, p. 2.
Lei e moral. 26 fev. 1981. Opinião, p. 2.
Restam as cinzas. 5 mar. 1981. Opinião, p. 2.
Tempestade à vista? 12 mar. 1981. Opinião, p. 2.
Tirando a máscara. 19 mar. 1981. Opinião, p. 2.
Sem esquecimento. 26 mar. 1981. Opinião, p. 2.
Crise e democracia. 9 abr. 1981. Opinião, p. 2.
Novos tempos. 16 abr. 1981. Opinião, p. 2.
São Bernardo “rides again”. 23 abr. 1981. Opinião, p. 2
Política e desespero. 30 abr.1981. Opinião, p. 2.
As aves que aqui gorjeiam. 7 maio 1981. Opinião, p. 2.
Nem tudo saiu como manda o figurino. 17 maio 1981. Opinião, p. 2.
O embrulho de junho. 18 jun. 1981. Opinião, p. 2.
A cruz e a caldeirinha. 25 jun. 1981. Opinião, p. 2.
Ética e política. 2 jul. 1981. Opinião, p. 2.
Devagar com o andor. 9 jul. 1981. Opinião, p. 2.
Igreja e participação. 23 jul. 1981. Opinião, p. 2.
O pior cego. 30 jul. 1981. Opinião, p. 2.
Há algo de podre. 6 ago. 1981. Opinião, p. 2.
A Bastilha que não cai. 13 ago. 1981. Opinião, p. 2.
Democracia sem pacto. 10 set. 1981. Opinião, p. 2.
Agenda nacional. 17 set. 1981. Opinião, p. 2.
Temos rei? 24 set. 1981. Opinião, p. 2.
Identidade e destempero. 1º out. 1981. Opinião, p. 2.
Jânio e as nuvens. 2 out. 1981. Opinião, p. 2.
Paixão ou interesse? 15 nov. 1981. Tendências/Debates, p.3.
As oposições e a esperança popular. 26 nov. 1981. Opinião, p. 2.
Fraude patriótica. 17 dez. 1981. Opinião, p. 2.
Votos (de Natal). 24 dez. 1981. Opinião, p. 2.
Ano novo. 31 dez. 1981. Opinião, p. 2.
À espera de um basta. 7 jan. 1982. Opinião, p. 2.

1982
Perigo à vista. 14 jan. 1982. Opinião, p. 2.
Elis Regina. 21 jan. 1982. Opinião, p. 2.
A frente eleitoral de oposição. 18 fev. 1982. Opinião, p. 2.
Fanfarrão Minésio. 4 mar. 1982. Opinião, p. 2.
Radicalização e democracia. 11 mar. 1982. Opinião, p. 2.
O debate. 18 mar. 1982. Opinião, p. 2.
O País da abertura. 1º abril 1982. Opinião, p. 2.
Quem ganhar, leva. 8 abr. 1982. Opinião, p. 2.
Estranho país. 22 abr. 1982. Opinião, p. 2.
Populismo eletrônico. 29 abr. 1982. Opinião, p. 2.
No autoritarismo, a formação é difícil. 6 maio 1982. Nacional, Palanque, p. 4.
A política e a sociedade civil. 6 maio 1982. Opinião, p. 2.
A crueldade da história. 3 jun. 1982. Opinião, p. 2.
O desafio democrático. 10 jun. 1982. Opinião, p. 2.
O sol e a peneira. 17 jun. 1982. Opinião, p. 2.
A volta por cima. 24 jun. 1982. Opinião, p. 2.
Violência e lei. 1º jul. 1982. Opinião, p. 2.
Fim de festa. 8 jul. 1982. Opinião, p. 2.
Contrastes. 15 jul. 1982. Opinião, p. 2.
Desgoverno. 22 jul. 1982. Opinião, p. 2.
Abuso sem uso. 5 ago. 1982. Opinião, p. 2.
Bico de pena. 12 ago. 1982. Opinião, p. 2.
A dívida e as verdades. 2 set. 1982. Opinião, p. 2.
Militância patética. 9 set. 1982. Opinião, p. 2.
O debate. 16 set. 1982. Opinião, p. 2.
E agora? 23 set. 1982. Opinião, p. 2.
O presidente e a crítica. 30 set. 1982. Opinião, p. 2.
Bom senso. 14 out. 1982. Opinião, p. 2.
Violência e política. 28 out. 1982. Opinião, p. 2.
Voto de oposição. 4 nov. 1982. Opinião, p. 2.
A hora da urna. 11 nov. 1982. Opinião, p. 2.
A responsabilidade da vitória. 25 nov. 1982. Opinião, p. 2.
Negociação e democracia. 30 dez. 1982. Opinião, p. 2.
Voto de oposição. 4 nov. 1982. Opinião, p. 2.

1983
A crise de cada dia. 6 jan. 1983. Opinião, p. 2.
O cochilo e as bruxas. 13 jan. 1983. Opinião, p. 2.
Estranho país. 27 jan. 1983. Opinião, p. 2.
Sinal amarelo. 10 fev. 1983. Opinião, p. 2.
Os limites da abertura. 17 fev. 1983. Opinião, p. 2.
Sem tréguas. 10 mar. 1983. Opinião, p. 2.
Democracia e participação. 24 mar. 1983. Opinião, p. 2.
Conciliação? 31 mar. 1983. Opinião, p. 2.
A difícil democracia. 7 abr. 1983. Opinião, p. 2.
A soma e o resto. 14 abr. 1983. Opinião, p. 2.
Ação e esperança. 21 abr. 1983. Opinião, p. 2.
Novos arrochos. 28 abr. 1983. Opinião, p. 2.
Corda bamba. 5 maio 1983. Opinião, p. 2.
Eleições e crise. 12 maio 1983. Opinião, p. 2.
O João da democracia. 19 maio 1983. Opinião, p. 2.
A raposa e as uvas. 2 jun. 1983. Opinião, p. 2.
O imbróglio. 9 jun. 1983. Opinião, p. 2.
O compromisso. 23 jun. 1983. Opinião, p. 2.
As licenças. 30 jun. 1983. Opinião, p. 2.
Crise e consenso. 2 jul. 1983. Opinião, p. 2.
Mudança já. 14 jul. 1983. Opinião, p. 2.
Também de pão. 21 jul. 1983. Opinião, p. 2.
A convulsão. 4 ago. 1983. Opinião, p. 2.
A perplexidade e a esperança. 11 ago. 1983. Opinião, p. 2.
Falar e fazer. 18 ago. 1983. Opinião, p. 2.
A nossa solidariedade. 1º set. 1983. Opinião, p. 2.
Algo de podre. 15 set. 1983. Opinião, p. 2.
Eleições no PMDB. 16 set. 1983. Opinião, p. 2.
Desmoronamento. 22 set. 1983. Opinião, p. 2.
Resta a indignação. 29 set. 1983. Opinião, p. 2.
A volta por cima. 13 out. 1983. Opinião, p. 2.
Undécima hora. 20 out. 1983. Opinião, p. 2.
A grande negociação. 27 out. 1983. Opinião, p. 2.
Corrupção. 10 nov. 1983. Opinião, p. 2.
Antes do recesso. 17 nov. 1983. Opinião, p. 2.
O tampão. 1º dez. 1983. Opinião, p. 2.
Partidos impuros. 10 dez. 1983. Tendências/Debates, p. 3.

1984
O PMDB na reforma partidária. 1984. Tendências/Debates, p. 3.
Chuva no molhado. 5 jan. 1984. Opinião, p. 2.
Busca de identidade. 12 jan. 1984. Opinião, p. 2.
A contramão da democracia. 19 jan. 1984. Opinião, p. 2.
Já. 26 jan. 1984. Opinião, p. 2.
Hora da coragem. 2 fev. 1984. Opinião, p. 2.
Sem rotina. 9 fev. 1984. Opinião, p. 2.
Caso de polícia. 23 fev. 1984. Opinião, p. 2.
As invasões e a política de habitação. 1º mar. 1984. Opinião, p. 2.
Ainda as diretas. 15 mar. 1984. Opinião, p. 2.
O PMDB e as diretas. 22 mar. 1984. Opinião, p. 2.
Fato e versão. 29 mar. 1984. Opinião, p. 2
Os protestos dos professores. 5 abr. 1984. Opinião, p. 2.
Diretas-já. 12 abr. 1984. Opinião, p. 2.
O impasse. 19 abr. 1984. Opinião, p. 2.
Brasília sitiada. 26 abr. 1984. Opinião, p. 2.
Um passo adiante. 3 maio 1984. Opinião, p. 2.
Impasse e mobilização. 10 maio 1984. Opinião, p. 2.
A estratégia das oposições. 17 maio 1984. Opinião, p. 2.
O fantasma do social. 24 maio 1984. Opinião, p. 2.
Programa mínimo. 31 maio 1984. Opinião, p. 2.
Na véspera do nada. 21 jun. 1984. Opinião, p. 2.
A tradição necessária. 19 jul. 1984. Opinião, p. 2.
Saída de emergência. 26 jul. 1984. Opinião, p. 2.
Governo de transição. 1º ago. 1984. Opinião, p. 2.
A questão da universidade. 2 ago. 1984. Opinião, p. 2.
Candidatos e compromissos. 9 ago. 1984. Opinião, p. 2.
A derrubada. 23 ago. 1984. Opinião, p. 2.
Cartão amarelo. 6 set. 1984. Opinião, p. 2.
Hora de mudar. 13 set. 1984. Opinião, p. 2.
A reforma da universidade. 20 set. 1984. Opinião, p. 2.
De novo os salários. 27 set. 1984. Opinião, p. 2.
Revanchismo. 11 out. 1984. Opinião, p. 2.
Tarefas da transição. 18 out. 1984. Opinião, p. 2.
Porta dos fundos. 25 out. 1984. Opinião, p. 2.
Os salários de cada mês. 1º nov. 1984. Opinião, p. 2.
Fidelidade. 22 nov. 1984. Opinião, p. 2.
Legitimidade e participação popular. 24 nov. 1984. Tendências/Debates, p. 3.
Políticos e militares na sucessão. 29 nov. 1984. Opinião, p. 2.
Sucessões. 6 dez. 1984. Opinião, p. 2.
Ainda a Constituinte. 20 dez. 1984. Opinião, p. 2.

1985
A saída é compromisso. 3 jan. 1985. Opinião, p. 2.
São Paulo na Nova República. 15 jan. 1985. Opinião, p. 2
Questões constitucionais imediatas. 24 jan. 1985. Opinião, p. 2.
Expectativas e responsabilidades. 7 fev. 1985. Opinião, p. 2.
O que o Brasil espera. 14 fev. 1985. Opinião, p. 2.
O PMDB. 19 fev. 1985. Opinião, p. 2.
O novo Congresso. 28 fev. 1985. Opinião, p. 2.
A difícil democracia. 7 mar. 1985. Opinião, p. 2.
A ventura da mudança. 10 mar. 1985. Folhetim, Especial, p. 5.
Torcendo e avançando. 4 abr. 1985. Opinião, p. 2.
Posições claras. 11 abr. 1985. Opinião, p. 2.
A hora, agora. 25 abr. 1985. Opinião, p. 2.
Ritmo novo. 16 maio 1985. Opinião, p. 2.
Problemas da democracia. 30 maio 1985. Opinião, p. 2.
O pacto e os partidos. 6 jun. 1985. Opinião, p. 2.
A dívida social. 13 jun. 1985. Opinião, p. 2.
Interrupção. 25 jul. 1985. Opinião, p. 2.

1986
A constituinte – desafio e alternativa. 5 jan. 1986. Opinião, p. 2.
O regime e a constituinte. 10 jan. 1986. Opinião, p. 2.
Demagogia e violência. 17 jan. 1986. Opinião, p. 2.
Encruzilhada. 2 fev. 1986. Opinião, p. 2.
Os partidos na transição. 6 fev. 1986. Opinião, p. 2.
Percalços da transição. 20 fev. 1986. Opinião, p. 2.
A encruzilhada. 27 fev. 1986. Opinião, p. 2.
Depois do pacote. 6 mar. 1986. Opinião, p. 2.
Os conservadores e o atraso. 12 mar. 1986. Opinião, p. 2.
Devagar com o andor. 20 mar. 1986. Opinião, p. 2.
O embrulho dos partidos. 3 abr. 1986. Opinião, p. 2.
Combate à pobreza. 10 abr. 1986. Opinião, p. 2.
O congresso na encruzilhada. 17 abr. 1986. Opinião, p. 2.
Anacronismos. 24 abr. 1986. Opinião, p. 2.
Prebisch. 1º maio 1986. Opinião, p. 2.
Reinventar a universidade. 8 maio 1986. Opinião, p. 2.
Constituinte. 22 maio 1986. Opinião, p. 2.
Reforma agrária. 29 maio 1986. Opinião, p. 2.
Ulysses. 5 jun. 1986. Opinião, p. 2.
Novos passos. 12 jun. 1986. Opinião, p. 2.
Antes das eleições. 19 jun. 1986. Opinião, p. 2.
Sucessão em São Paulo. 3 jul. 1986. Opinião, p. 2.
Legendas e candidaturas. 10 jul. 1986. Opinião, p. 2.
Mais mudanças. 17 jul. 1986. Opinião, p. 2.
A hora do social. 24 jul. 1986. Opinião, p. 2.
Pesquisas eleitorais. 7 ago. 1986. Opinião, p. 2.
A constituinte e os governadores. 14 ago. 1986. Opinião, p. 2.
Contrastes. 28 ago. 1986. Opinião, p. 2.
Ainda as eleições. 4 set. 1986. Opinião, p. 2.
Chile. 11 set. 1986. Opinião, p. 2
O cruzado na berlinda. 18 set. 1986. Opinião, p. 2.
Greves e negociações. 2 out. 1986. Opinião, p. 2.
Mandato presidencial. 16 out. 1986. Opinião, p. 2.
Reta final. 23 out. 1986. Opinião, p. 2.
Partido e eleições. 30 out. 1986. Opinião, p. 2.
Campanha eleitoral. 6 nov. 1986. Opinião, p. 2.
A infâmia na política. 13 nov. 1986. Opinião, p. A-2.
Eleições e reformas econômicas. 20 nov. 1986. Opinião, p. A-2.
Ainda o pacote. 27 nov. 1986. Opinião, p. A-2.
Falar francamente. 11 dez. 1986. Opinião, p. A-2.

1987
De novo a crise. 15 jan. 1987. Opinião, p. A-2.
Identidade e ação. 22 jan. 1987. Opinião, p. A-2.
Constituinte. 5 fev. 1987. Opinião, p. A-2.
Dias difíceis. 12 fev. 1987. Opinião, p. A-2.
Logomaquia. 5 mar. 1987. Opinião, p. A-2.
O uso do cachimbo. 8 mar. 1987. Opinião, p. A-2.
Mudanças, outra vez. 19 mar. 1987. Opinião, p. A-2.
A vez da autonomia sindical. 26 mar. 1987. Opinião, p. A-2.
Pacto já. 2 abr. 1987. Opinião, p. A-2.
Convergir no essencial. 9 abr. 1987. Opinião, p. A-2.
O leão e as uvas. 16 abr. 1987. Opinião, p. A-2.
Populismo ou reforma. 23 abr. 1987. Opinião, p. A-2.
Hora de decisões. 30 abr. 1987. Opinião, p. A-2.
À mingua das definições. 7 maio 1987. Opinião, p. A-2.
As aflições de hoje. 14 maio 1987. Opinião, p. A-2.
Definições. 21 maio 1987. Opinião, p. A-2.
Moralidade e austeridade. 28 maio 1987. Opinião, p. A-2.
Brasileiros de São Paulo. 4 jun. 1987. Opinião, p. A-2.
São Paulo na Câmara. 11 jun. 1987. Opinião, p. A-2.
Pontos programáticos. 25 jun. 1987. Opinião, p. A-2.
O primeiro esboço. 2 jul. 1987. Opinião, p. A-2.
Momento de decisão. 9 jul. 1987. Opinião, p. A-2.
O dia seguinte. 23 jul. 1987. Opinião, p. A-2.
Semifinal. 30 jul. 1987. Opinião, p. A-2.
Emendas populares. 13 ago. 1987. Opinião, p. A-2.
Cláudio Abramo. 20 ago. 1987. Opinião, p. A-2.
Esperança, apesar dos pesares. 27 ago. 1987. Opinião, p. A-2.
Diálogo sem subserviência. 3 set. 1987. Opinião, p. A-2.
Sistema de governo. 15 set. 1987. Opinião, p. A-2.
A hora da dívida. 17 set. 1987. Opinião, p. A-2.
Mudanças necessárias. 24 set. 1987. Opinião, p. A-2.
Intriga e política. 1º out. 1987. Opinião, p. A-2.
Preto no branco. 15 out. 1987. Opinião, p. A-2.
Mudanças? 22 out. 1987. Opinião, p. A-2.
Boas novas. 29 out. 1987. Opinião, p. A-2.
Militares e Constituição. 12 nov. 1987. Opinião, p. A-2.
Tarefa cumprida. 19 nov. 1987. Opinião, p. A-2.
Os rumos da Constituinte. 26 nov. 1987. Opinião, p. A-2.
Economia e política, outra vez. 10 dez. 1987. Opinião, p. A-2.
Perigo à vista. 17 dez. 1987. Opinião, p. A-2.
O nó da sucessão. 31 dez. 1987. Opinião, p. A-2.

1988
Finalmente, decisões. 7 jan. 1988. Opinião, p. A-2.
Confusão. 14 jan. 1988. Opinião, p. A-2.
Até quando? 21 jan. 1988. Opinião, p. A-2.
Moralização e farisaísmo. 11 fev. 1988. Opinião, p. A-2.
Restam cinzas. 18 fev. 1988. Opinião, p. A-2.
Direitos sociais. 25 fev. 1988. Opinião, p. A-2.
Economia em transe. 3 mar. 1988. Opinião, p. A-2.
Presidencialismo, corrupção e clientelismo. 10 mar. 1988. Opinião, p. A-2.
Decidir sem conchavar. 17 mar. 1988. Opinião, p. A-2.
O que estava em jogo. 28 mar. 1988. Opinião, Tendências/Debates, p. A-3.
Sustentar o jogo. 31 mar. 1988. Opinião, p. A-2.
Nem tudo é calmaria. 7 abr. 1988. Opinião, p. A-2.
CPI da corrupção. 14 abr. 1988. Opinião, p. A-2.
Dores do parto. 21 abr. 1988. Opinião, p. A-2.
O PMDB e sua convenção. 12 maio 1988. Opinião, p. A-2.
Reta final. 19 maio 1988. Opinião, p. A-2.
Dando e recebendo. 26 maio 1988. Opinião, p. A-2.
Haja paciência. 2 jun. 1988. Opinião, p. 2.
A convergência necessária. 9 jun. 1988. Opinião, p. A-2.
Partidos e eleições municipais. 16 jun. 1988. Opinião, p. A-2.
Partido novo. 23 jun. 1988. Opinião, p. A-2.
Democracia na marra. 30 jun. 1988. Opinião, p. A-2.
República dos padrinhos. 14 jul. 1988. Opinião, p. A-2.
Os candidatos de lá. 21 jul. 1988. Opinião, p. A-2.
Eleitorado quer estabilidade e mudança. 23 jul. 1988. Opinião, p. A-2.
Crise e farsa. 28 jul. 1988. Opinião, p. A-2.
A crise de verdade. 4 ago. 1988. Opinião, p. A-2.
As cassandras e os crédulos. 11 ago. 1988. Opinião, p. A-2.
Eleições municipais. 25 ago. 1988. Opinião, p. A-2.
Desafio. 1º set. 1988. Opinião, p. A-2.
Intermezzo. 8 set. 1988. Opinião, p. A-2.
Rumos necessários. 22 set. 1988. Opinião, p. A-2.
Chile. 29 set. 1988. Opinião, p. A-2.
A Constituição das mudanças. 6 out. 1988. Opinião, p. A-2.
Assalto à razão. 13 out. 1988. Opinião, p. A-2.
Alerta. 20 out. 1988. Opinião, p. A-2.
Momento político. 3 nov. 1988. Opinião, p. A-2.
Hora do voto. 10 nov. 1988. Opinião, p. A-2.
Hora da verdade. 17 nov. 1988. Opinião, p. A-2.
Antes tarde. 1º dez. 1988. Opinião, p. A-2.
Ventania. 15 dez. 1988. Opinião, p. A-2.
Aumento indevido. 22 dez. 1988. Opinião, p. A-2.
Impunidade. 29 dez. 1988. Opinião, p. A-2.

1989
Crime sem castigo. 5 jan. 1989. Opinião, p. A-2.
Exportação do pelourinho. 12 jan. 1989. Opinião, p. A-2.
Cruzado dos ricos. 19 jan. 1989. Opinião, p. A-2.
O Congresso e o pacote. 26 jan. 1989. Opinião, p. A-2.
Decifra-me, ou te devoro. 9 fev. 1989. Opinião, p. A-2.
A hora da largada. 10 fev. 1989. Opinião, p. A-2.
O Congresso e as pedras. 16 fev. 1989. Opinião, p. A-2.
Várias tarefas. 23 fev. 1989. Opinião, p. A-2.
A Amazônia e a ecologia. 9 mar. 1989. Opinião, p. A-2.
A dança das candidaturas. 16 mar. 1989. Opinião, p. A-2.
Política científica. 23 mar. 1989. Opinião, p. A-2.
Desgoverno. 6 abr. 1989. Opinião, p. A-2.
Dívida e crescimento. 13 abr. 1989. Opinião, p. A-2.
O discurso dos chefes. 20 abr. 1989. Opinião, p. A-2.
Incertezas. 27 abr. 1989. Opinião, p. A-2.
Os riscos da democracia. 4 maio 1989. Opinião, p. A-2.
Professorado em greve. 18 maio 1989. Opinião, p. A-2.
Síndrome de Maria Antonieta. 25 maio 1989. Opinião, p. A-2.
Solidariedade prática. 1º jun. 1989. Opinião, p. A-2.
Moralização eleitoral. 22 jun. 1989. Opinião, p. A-2.
Qual é a saída? 29 jun. 1989. Opinião, p. A-2.
A novidade dos choques. 6 jul. 1989. Opinião, p. A-2.
A escolha de Sofia. 13 jul. 1989. Opinião, p. A-2.
A revolução e sua falta. 20 jul. 1989. Opinião, p. A-2.
Assim não dá. 3 ago. 1989. Opinião, p. A-2.
Grandes fortunas. 10 ago. 1989. Opinião, p. A-2.
Corrida eleitoral. 17 ago. 1989. Opinião, p. A-2.
Dívida externa. 24 ago. 1989. Opinião, p. A-2.
Aperfeiçoar o voto. 31 ago. 1989. Opinião, p. A-2.
Sinal de alerta. 7 set. 1989. Opinião, p. A-2.
Ainda as eleições. 21 set. 1989. Opinião, p. A-2.
A coragem necessária. 28 set. 1989. Opinião, p. A-2.
Eleições e inflação. 5 out. 1989. Opinião, p. A-2.
Municipalização do ensino. 12 out. 1989. Opinião, p. A-2.
A agenda para a modernização. 25 out. 1992. Mais!, p. 6-7.
Acreditar e persistir. 26 out. 1989. Opinião, p. A-2.
É demais. 2 nov. 1989. Opinião, p. A-2.
É Covas. 9 nov. 1989. Opinião, p. A-2.
Voto certo. 16 nov. 1989. Opinião, p. A-2.
Segundo turno. 23 nov. 1989. Opinião, p. A-2.
Opções conscientes. 30 nov. 1989. Opinião, p. A-2.
Reta de chegada. 14 dez. 1989. Opinião, p. A-2.
Oposição e responsabilidade. 21 dez. 1989. Opinião, p. A-2.

1990
Assim não dá. 11 jan. 1990. Opinião, p. A-2.
Crise nos partidos. 1º fev. 1990. Opinião, p. A-2.
Ianomami. 8 fev. 1990. Opinião, p. A-2.
Tarefas do Congresso. 15 fev. 1990. Opinião, p. A-2.
Liberalismo e social democracia. 22 fev. 1990. Opinião, p. A-2.
Voto e decisão. 1º mar. 1990. Opinião, p. A-2.
A mudança necessária. 8 mar. 1990. Opinião, p. A-2.
Governo e oposição. 15 mar. 1990. Opinião, p. A-2.
O Congresso e o plano. 21 mar. 1990. Opinião, p. A-2.
Estado de susto. 29 mar. 1990. Opinião, p. A-2.
Expectativa e decisão. 5 abr. 1990. Opinião, p. A-2.
Meninos de rua. 19 abr. 1990. Opinião, p. A-2.
O Congresso e os vetos. 26 abr. 1990. Opinião, p. A-2.
Reforma administrativa e ineficiência. 10 maio 1990. Opinião, p. A-2.
Sem sintonia. 17 maio 1990. Opinião, p. A-2.
Mercado e desemprego. 24 maio 1990. Opinião, p. A-2.
Constituição ou prepotência? 7 jun. 1990. Opinião, p. A-2.
Sinais inquietantes. 14 jun. 1990. Opinião, p. A-2.
Impasse e negociação. 21 jun. 1990. Opinião, p. A-2.
Futebol cativa por fazer parte do cotidiano. 23 jun. 1990. Copa, p. D-2.
Provisoriedade democrática. 28 jun. 1990. Opinião, p. A-2.
O PSDB e o governo. 2 jul. 1990. Opinião, p. A-2.
SOS Cultura. 5 jul. 1990. Opinião, p. A-2.
O PSDB e as eleições. 11 jul. 1990. Opinião, p. A-2.
Mercado e bem-estar. 19 jul. 1990. Opinião, p. A-2.
O PSDB na modernização do Brasil. 25 jul. 1990. Tendências/Debates, p. A-3.
Salários e inflação. 26 jul. 1990. Opinião, p. A-2.
Ainda os salários. 2 ago. 1990. Opinião, p. A-2.
Post-scriptum: e depois das eleições? 3 ago. 1990. Opinião, p. A-2.
Os aposentados e a Previdência. 9 ago. 1990. Opinião, p. A-2.
Propaganda eleitoral. 16 ago. 1990. Opinião, p. A-2.
Poderes diminuídos. 23 ago. 1990. Opinião, p. A-2.
Afonso Arinos. 30 ago. 1990. Opinião, p. A-2.
Dúvidas e certezas. 6 set. 1990. Opinião, p. A-2.
Dívida externa. 13 set. 1990. Opinião, p. A-2.
Verdade sem exceção. 20 set. 1990. Opinião, p. A-2.
Ainda a inflação. 27 set. 1990. Opinião, p. A-2.
Democracia publicitária. 4 out. 1990. Opinião, p. A-2.
A coesão necessária. 18 out. 1990. Opinião, p. A-2.
Identidade tucana. 1º nov. 1990. Opinião, p. A-2.
Ainda a crise de identidade. 8 nov. 1990. Opinião, p. A-2.
Direito das mulheres. 22 nov. 1990. Opinião, p. A-2.
Definição dos objetivos. 24 nov. 1990. Opinião, p. A-2.
Recessão, pacto e lucros. 29 nov. 1990. Opinião, p. A-2.
Entendimento nacional. 6 dez. 1990. Opinião, p. A-2.

1991
Revisão constitucional. 10 jan. 1991. Opinião, p. A-2.
Insensatez. 17 jan. 1991. Opinião, p. A-2.
Advertência. 24 jan. 1991. Opinião, p. A-2.
Nós e a paz. 31 jan. 1991. Opinião, p. A-2.
Ainda um pacote. 7 fev. 1991. Opinião, p. A-2.
O alienista. 14 fev. 1991. Opinião, p. A-2.
Céu carregado. 21 fev. 1991. Opinião, p. A-2.
República: a velha e a nova. 28 fev. 1991. Opinião, p. A-2.
Antes tarde. 7 mar. 1991. Opinião, p. A-2.
Desentendimento. 14 mar. 1991. Opinião, p. A-2.
Ensino público pago? 21 mar. 1991. Opinião, p. A-2.
Providências na Previdência. 28 mar. 1991. Opinião, p. A-2.
Corrupção e impunidade. 4 abr. 1991. Opinião, p. A-2.
Grandes fortunas. 11 abr. 1991. Opinião, p. A-2.
Parlamentarismo, ainda que tarde. 18 abr. 1991. Opinião, p. A-2.
Encontro em Estocolmo. 25 abr. 1991. Opinião, p. A-2.
Até quando? 2 maio 1991. Opinião, p. A-2.
Caixa-preta. 16 maio 1991. Opinião, p. A-2.
A educação em cartaz. 23 maio 1991. Opinião, p. A-2.
A economia e a lei. 6 jun. 1991. Opinião, p. A-2.
O drama dos menores. 20 jun. 1991. Opinião, p. A-2.
Eco-92: desenvolvimento auto-sustentado. 27 jun. 1991. Opinião, p. A-2.
Problemas de identidade. 4 jul. 1991. Opinião, p. A-2.
Transição democrática. 6 jul. 1991. Leitura Básica, p. 6-6.
Governabilidade. 11 jul. 1991. Opinião, p. A-2.
Mudança de métodos. 18 jul. 1991. Opinião, p. A-2.
Tocqueville narra a grande história das classes. 27 jul. 1991. Letras, p. 6-7.
Crime e castigo. 1º ago. 1991. Opinião, p. A-2.
De novo o mesmo. 8 ago. 1991. Opinião, p. A-2.
Será para valer? 15 ago. 1991. Opinião, p. A-2.
Alvíssaras. 22 ago. 1991. Opinião, p. A-2.
O Congresso e a crise. 29 ago. 1991. Opinião, p. A-2.
Desentendimento geral. 19 set. 1991. Opinião, p. A-2.
Moralizar as instituições. 26 set. 1991. Opinião, p. A-2.
Impostos e sonegação. 3 out. 1991. Opinião, p. A-2.
Trancos e barrancos. 10 out. 1991. Opinião, p. A-2.
Crise e parlamentarismo. 17 out. 1991. Opinião, p. A-2.
Brasil em pauta. 24 out. 1991. Opinião, p. A-2.
Opção Brasil. 31 out. 1991. Opinião, p. A-2.
O triunfo da esperteza. 13 nov. 1991. Opinião, p. A-2.
Confissões do ministro. 20 nov. 1991. Opinião, p. A-2.
Aposentados. 21 nov. 1991. Opinião, p. A-2.
Só cortar não resolve. 28 nov. 1991. Opinião, p. A-2.
Lei da cultura. 12 dez. 1991. Opinião, p. A-2.
Sonegação. 26 dez. 1991. Opinião, p. A-2.

1992
A loucura tem lógica. 1992. Opinião, p. A-2.
Votos para 1992. 2 jan. 1992. Opinião, p. A-2.
Imprevidência. 16 jan. 1992. Opinião, p. A-2.
Democracia, ainda que tarde. 23 jan. 1992. Opinião, p. A-2.
Ação e reação. 30 jan. 1992. Opinião, p. A-2.
Café sem escândalos. 6 fev. 1992. Opinião, p. A-2.
Tudo a ver. 13 fev. 1992. Opinião, p. A-2.
Personagens sem autores. 20 fev. 1992. Opinião, p. A-2.
Sonegação. 27 fev. 1992. Opinião, p. A-2.
Algo de podre. 12 mar. 1992. Opinião, p. A-2.
O lamaçal e a fogueira. 19 mar. 1992. Opinião, p. A-2.
Novas leis. 26 mar. 1992. Opinião, p. A-2.
O círculo de giz do tucano. 16 abr. 1992. Opinião, p. A-2.
Problemas de mercado. 23 abr. 1992. Opinião, p. A-2.
Mais política, menos economia. 30 abr. 1992. Opinião, p. A-2.
Reforma do Estado. 7 maio 1992. Opinião, p. A-2.
Bolsonaro e o fantasma autoritário. 12 maio 1992. Opinião, p. A-2.
Ainda a ação do Estado. 14 maio 1992. Opinião, p. A-2.
Política e justiça. 21 maio 1992. Opinião, p. A-2.
Razões para a CPI. 28 maio 1992. Opinião, p. A-2.
Congresso em julgamento. 4 jun. 1992. Opinião, p. A-2.
Reforma fiscal. 14 jun. 1992. Opinião, p. A-2.
Impasse e alternativas. 18 jun. 1992. Opinião, p. A-2.
Moralizar e reformar. 25 jun. 1992. Opinião, p. A-2.
Doa a quem doer. 2 jul. 1992. Opinião, p. A-2.
O joio e o trigo. 9 jul. 1992. Opinião, p. A-2.
Indignação e fantasia. 16 jul. 1992. Opinião, p. A-2.
O desafio. 23 jul. 1992. Opinião, p. A-2.
Deus nos acuda. 30 jul. 1992. Opinião, p. A-2.
Novamente o bunker. 6 ago. 1992. Opinião, p. A-2.
Ainda falta a decisão. 13 ago. 1992. Opinião, p. A-2.
Reforma política. 20 ago. 1992. Opinião, p. A-2.
Collor deposto? 27 ago. 1992. Opinião, p. A-2.
Saída rápida da crise. 10 set. 1992. Opinião, p. A-2.
Dias decisivos. 17 set. 1992. Opinião, p. A-2.
O Congresso com a palavra. 24 set. 1992. Opinião, p. A-2.
Colher torta. 23 dez. 1992. Tendências/Debates. p. A-3.

1993
Breve resposta aos presidencialistas. 31 jan. 1993. Tendências/Debates, p. A-3.
Primeiro passo para o desenvolvimento sustentável. 24 fev.1993. Tendências/Debates, p. A-3.
Fé no Brasil. 19 dez. 1993. Tendências/Debates, p. A-3.

1994
A maturidade de um grande país. 2 out. 1994. Opinião, p. 1.

1995
Ainda a teoria da dependência. 28 maio 1995. Mais!, p. 5-5.
Questões de desenvolvimento e da dependência. 28 maio 1995. Mais!, p. 4-5.
Conjuntura favorece os investimentos no Brasil. 19 out. 1995. p. 6 A.

2005
O estadista sinuoso. 13 mar. 2005. Mais! p. 5-6.

Gazeta Mercantil, São Paulo
1977
A polêmica revisitada. 16 dez. 1977 (Resenha: Caio Prado Jr. A revolução brasileira. 5a. ed. São Paulo: Brasiliense).

Jornal do Commercio, Rio de Janeiro
1958
O café e a industrialização. 10 jan. 1958. Suplemento do café, p. 6-5.
O café e a industrialização da cidade de São Paulo. 19 jan. 1958. Suplemento do Café, p. 5.

La Nación, Buenos Aires
2006
El Mercosur está perdiendo su esencia. La Nación, Argentina, 9 ago. 2006. 5 p.

Le Courrier de l’Unesco, Paris, 1992-1993
1992
Passages à la démocratie: leçons de l’Est et du Sud. Le Courrier de l’’Unesco, Paris, nov.1992.
Novas versões:
Freedom for the have-nots. The Unesco Courier, Paris, ano 45, nov. 1992. Latin América, p. 21-24. Edição em inglês.
Libertad y penuria. El Correo de la Unesco, Paris, ano 45, nov. 1992. América Latina. p. 21-24. Edição em espanhol.
Freiheit für habenichtse. Unesco Kurier, Paris, n.11, 1992. Lateinamerika, p.19-22. Edição em alemão.
Liberdad e penuria. O Correo da Unesco, Paris, dec., 1992. América Latina, p. 21-24. Edição em língua galega.
Vapautta vähäosaisille. Unesco Kuriiri, Paris, ano 45, dec. 1992. Latinalainen América, p. 21-25. Edição em finlandês.
Vrijheid in Armoede. Unesco Koerier, Paris, n. 233, jan. 1993. Latinjs-Amerika, p. 17-20. Edição em idioma neerlandês e flamengo.
Liberdade e penúria. O Correio da Unesco, Paris, ano 21, n.1, jan. 1993. América Latina, p.19-22. Edição em português.
Libertá e povertá. Il Corriere dell’Unesco, ano 46, n. 1, genn. 1993. America Latina, p. 21-24. Edição em italiano.
Edições em russo, coreano, tamil (idioma falado em Madras-Índia) e outros idiomas.

Meeting & Negócios
Depois das eleições. Ano 5, n. 5, p. 22-24, 2006.

Movimento, São Paulo
1977
O Caminho para uma oposição independente e unida. 15 nov. 1976.

O Estado de S.Paulo, 1988 – 2015
1988
O negro no Brasil meridional. 12 jul. 1958. Suplemento Literário, p. 2.
A condensação de tudo que nega a mesmice. 29 abr. 1988.

1989
Cesarismo ou democracia. 4 jun. 1989.

1990
A vitória do mercado. 3 fev. 1990.
Viagem a Moscou. 24 nov. 1990.

1991
Para além da crise. 26 fev. 1991.

1993
Política externa: a opção universalista. 24 jan. 1993.
Redimensionando a Ásia. 5 mar. 1993.

1995
O que precisamos é trabalhar em parceria. 17 mar. 1995. Política, p. A7.
Social-democracia é a alternativa viável. 27 ago. 1995. Especial Domingo, p. D3.

2003
Nota:
A partir de abril de 2003, os artigos abaixo relacionados, publicados no primeiro domingo do mês em O Estado de S.Paulo, são também publicados por O Globo (Rio de Janeiro) e Zero Hora (Porto Alegre) na mesma data.
Depois da guerra. 6 abr. 2003. Espaço Aberto, p. A2.
Que pacto fazer? 4 maio 2003. Espaço Aberto, p. A2.
A emenda e o soneto. 1º jun. 2003. Espaço Aberto, p. A2.
O unilateralismo global. 6 jul. 2003. Espaço Aberto, p. A2.
Nova agenda. 3 ago. 2003. Espaço Aberto, p. A2.
Interesse nacional e globalização. 7 set. 2003. Espaço Aberto, p. A2.
Novos dilemas, novas esperanças. 5 out. 2003. Espaço Aberto, p. A2.
Sobre décadas e heranças. 2 nov. 2003. Espaço Aberto, p. A2.
Utopias e História. 7 dez. 2003. Espaço Aberto, p. A2.

2004
Ano bom? Tomara. 4 jan. 2004. Espaço Aberto, p. A2.
Olhar à frente. 1º fev. 2004. Espaço Aberto, p. A2.
Visões de futuro. 7 mar. 2004. Espaço Aberto, p. A2.
Coisas menores e maiores. 4 abr. 2004. Espaço Aberto, p. A2.
FMI em foco. 2 maio 2004. Espaço Aberto, p. A2.
Negócios da China. 6 jun. 2004. Espaço Aberto, p. A2.
Confrontos com a História. 4 jul. 2004. Espaço Aberto, p. A2.
De marcha a ré. 1º ago. 2004. Espaço Aberto, p. A2.
Os herdeiros. 5 set. 2004. Espaço Aberto, p. A2.
Serra e a democracia. 3 out. 2004. Espaço Aberto, p. A2.
A voz dos eleitores. 7 nov. 2004. Espaço Aberto, p. A2.
Crescimento para quê? 5 dez. 2004. Espaço Aberto, p. A2.

2005
Voto de confiança. 2 jan. 2005. Espaço Aberto, p. A2.
O sonho americano. 6 fev. 2005. Espaço Aberto, p. A2.
Democracia e terrorismo. 6 mar. 2005. Espaço Aberto, p. A2.
Sinais inquietantes. 3 abr. 2005. Espaço Aberto, p. A2.
Caminhos responsáveis. 1º maio. 2005. Espaço Aberto, p. A2.
Sair da crise. 5 jun. 2005. Espaço Aberto, p. A2.
Corrupção e democracia. 3 jul. 2005. Espaço Aberto, p. A2.
Decisão e franqueza. 6 ago. Espaço Aberto, p. A2.
Ainda a crise. 3 set. 2005. Espaço Aberto, p. A2.
Para além da crise. 2 out. 2005. Espaço Aberto, p. A2.
Anestesia moral. 6 nov. 2005. Espaço Aberto, p. A2.
Farinha do mesmo saco? 4 dez. 2005. Espaço Aberto, p. A2.

2006
2006 e o futuro do país. 1º jan. 2006. Espaço Aberto, p. A2.
Meses decisivos. 5 fev. 2006. Espaço Aberto, p. A2.
Os dilemas do crescimento econômico. 5 mar. 2006. Espaço Aberto, p. A2.
Fazer a diferença. 2 abr. 2006. Espaço Aberto, A2.
A Petrobras e a política energética. 7 maio 2006. Espaço Aberto, p. A2.
Esquerda e populismo na América Latina. 4 jun. 2006. Espaço Aberto, p. A2.
Olhar para Frente. 2 jul. 2006. Espaço Aberto, p. A2.
Plano Real político. 6 ago. 2006. Espaço Aberto, p. A2.
República da Malandragem. 3 set. 2006. Espaço Aberto, p. A2.
Voto pela Democracia. 1º out. 2006. Espaço Aberto, p. A2.
Diálogo Democrático. 5 nov. 2006. Espaço Aberto, p. A2.
Conversa afiada. 3 dez. 2006. Espaço Aberto, p. A2.

2007
Ano novo, valores permanentes. 7 jan. 2007. Espaço Aberto, p. A2.
Desequilíbrio de poder. 4 fev. 2007. Espaço Aberto, p. A2.
Uma cúpula mundial do clima. 4 mar. 2007. Espaço Aberto, p. A2.
A democracia americana. 1º abr. 2007. Espaço Aberto, p. A2.
Um Brasil melhor. 6 mai. 2007. Espaço Aberto, p. A2.
Corrupção, voto e orçamento. 3 jun. 2007. Espaço Aberto, p. A2.
Ainda há tempo. 1º jul. 2007. Espaço Aberto, p. A2.
Simbolismo e liderança. 5 ago. 2007. Espaço Aberto, p A2.
Culpa e responsabilidade. 2 de set. 2007. Espaço Aberto, p. A2.
Mundo, mundo, vasto mundo. 7 de out. 2007. Espaço Aberto, p. A2.
Encruzilhada. 4 de nov. 2007. Espaço Aberto, p. A2.
Direito e avesso. 2 de dez. 2007. Espaço Aberto, p. A2.

2008
Convergências e estratégias. 6 de jan. 2008. Espaço Aberto, p. A2.
Apenas nomes ou reais alternativas? 3 de fev. 2008. Espaço Aberto, p. A2.
Vigiar sem punir. 2 de mar. 2008. Espaço Aberto, p. A2.
Oportunidade perdida. 6 de abr. 2008. Espaço Aberto, p. A2.
Inventar o futuro. 4 de maio. 2008. Espaço Aberto, p. A2.
A China das pessoas. 8 de jun. 2008. Espaço Aberto, p. A2.
As privatizações reavaliadas. 3 de ago. 2008. Espaço Aberto, p. A2.
O petróleo continuará nosso. 7 de set. 2008. Espaço Aberto, p. A2.
A arquitetura financeira. 5 de out. 2008. Espaço Aberto, p. A2.
Eleições e crise. 2 de nov. 2008. Espaço Aberto, p. A2.
Recessão ou depressão. 7 de dez. 2008. Espaço Aberto, p. A2.

2009
Perdidos na crise. 1º de fev. 2009. Espaço Aberto, p. A2.
O gesto e a palavra. 1º de mar. 2009. Espaço Aberto, p. A2.
Luz, afinal? 5 de abr. 2009. Espaço Aberto, p. A2.
Um novo enredo. 4 de mai. 2009. Espaço Aberto, p. A2.
Mudança climática: decisão já! 7 de jun. 2009. Espaço Aberto, p. A2.
O pós-Real. 5 de jul. 2009. Espaço Aberto, p. A2.
Limites da tolerância. 2 de ago. 2009. Espaço Aberto, p.A2.
A difícil paz. 6 de set. 2009. Espaço Aberto, p.A2.
Petróleo novamente. 4 de out. 2009. Espaço Aberto, p.A2.
Para onde vamos. 1º de nov. 2009. Espaço Aberto, p. A2.
O desafio das drogas. 6 de dez. 2009. Espaço Aberto, p. A2.

2010
Sem medo do passado. 7 de fev. 2010. Espaço Aberto, p. A2.
A hora é agora. 7 de mar. 2010. Espaço Aberto, p. A2.
Hora de união. 4 de abr. 2010. Espaço Aberto, p. A2.
Construir sem demagogia. 2 de mai. 2010. Espaço Aberto, p. A2.
Política externa responsável. 6 de jun. 2010. Espaço Aberto, p. A2.
Eleição sem maquiagem. 4 de jul. 2010. Espaço Aberto, p. A2.
Cara ou Coroa? 1º de ago. 2010. Espaço Aberto, p. A2.
Democracia virtual. 5 de set. 2010. Espaço Aberto, p. A2.
Segundo turno. 3 de out. 2010. Espaço Aberto, p.A2.
Lunetas novas. 7 de nov. 2010. Espaço Aberto, p. A2.
O golaço carioca. 5 de dez. 2010. Espaço Aberto, p. A2.

2011
Tempo de muda. 6 de fev. 2011. Espaço Aberto, p. A2.
Silêncios que falam. 6 de mar. 2011. Espaço Aberto, p. A2.
Um novo Brasil. 1º de mai. 2011. Espaço Aberto, p.A2.
Novos desafios. 6 de jun. 2011. Espaço Aberto, p. A2.
A soma e o resto. 3 de jul. 2011. Espaço Aberto, p. A2.
Davi e Golias. 7 de ago. 2011. Espaço Aberto, p. A2.
Crônica de um tempo difícil. 4 de set. 2011. Espaço Aberto, p. A2.
Incertezas. 2 de out. 2011. Espaço Aberto, p. A2.
Corrupção e poder. 6 de nov. 2011. Espaço Aberto, p. A2.
Encruzilhadas mundiais. 4 de dez. 2011. Espaço Aberto, p. A2.

2012
Feliz 2012. 1º de jan. 2012. Espaço Aberto, p. A2.
Crer e perseverar. 5 de fev. 2012. Espaço Aberto, p. A2.
Ainda as privatizações. 4 de mar. 2012. Espaço Aberto, p. A2.
Crime sem castigo. 1º de abr. 2012. Espaço Aberto, p. A2.
Política e moral. 6 de mai. 2012. Espaço Aberto, p. A2.
Política e meios de comunicação. 3 de jun. 2012. Espaço Aberto, p. A2.
As classes médias na berlinda. 1º de jul. 2012. Espaço Aberto, p. A2.
O inescapável. 5 de ago. 2012. Espaço Aberto, p A2.
Herança pesada. 2 de set. 2012. Espaço Aberto, p. A2.
Sinal de vida. 7 de out. 2012. Espaço Aberto, p. A2.
Hora de balanço. 4 de nov. 2012. Espaço Aberto, p. A2.
Melancolia e revolta. 2 de dez. 2012. Espaço Aberto, p. A2.

2013
Sem saudades. 6 de jan. 2013. Espaço Aberto, p. A2.
Pessoas e estórias. 3 de fev. 2013. Espaço Aberto, p. A2.
Sem disfarce nem miopia. 3 de mar. 2013. Espaço Aberto, p.A2.
Razão e bom senso. 7 de abr. 2013. Espaço Aberto, p. A2.
O poder em tempo de facebook. 5 de mai. 2013. Espaço Aberto, p. A2.
Beijar a cruz. 2 de jun. 2013. Espaço Aberto, p. A2.
Tempos difíceis. 7 de jul. 2013. Espaço Aberto, p. A2.
Cartas na mesa. 4 de ago. 2013. Espaço Aberto. p. A2
Falando francamente. 1º de set. 2013. Espaço Aberto. p. A2.
A responsabilidade do STF. 6 de out. 2013. Espaço Aberto. p. A2.
Sem complacência. 3 de out. 2013. Espaço Aberto. p. A2.
Sinais alarmantes. 1º de dez. 2013. Espaço Aberto. p. A2.

2014
Mudar o rumo. 5 de jan. 2014. Espaço Aberto, p. A2.
Mudar, com pé no chão e visão de futuro. 2 de fev. 2014. Espaço Aberto, p. A2.
Diplomacia Inerte. 2 de mar. 2014. Espaço Aberto, p. A2.
Sem mistificações. 6 de abr. 2014. Espaço Aberto, p. A2.
A que ponto chegamos!. 4 de mai. 2014. Espaço Aberto, p. A2.
O desmazelo fiscal. 1 de jun. 2014. Espaço Aberto, p. A2.
Caminhos de paz na Colômbia. 6 de jul. 2014. Espaço Aberto, p. A2.
Falta sentimento democrático. 3 de ago. 2014. Espaço Aberto, p. A2.
A encruzilhada da mudança. 7 de set. 2014. Espaço Aberto, p. A2.
Em quem voto e por quê. 5 de out. 2014. Espaço Aberto, p. A2.
Diálogo ou novas imposturas?. 2 de nov. 2014. Espaço Aberto, p. A2
Vitória Amarga. 7 de dez. 2014. Espaço Aberto, p. A2

2015

Inovar na política. 4 de jan. 2015. Espaço Aberto, p. A2
Chegou a hora. 1 de fev. 2015. Espaço Aberto, p. A2
A miséria da política. 1 de mar. 2015. Espaço Aberto, p. A2
Oposição e Reconstrução. 5 de abr. 2015. Espaço Aberto, p. A2
Desvendar a trama. 3 de mai. 2015. Espaço Aberto, p. A2
A Responsabilidade das oposições. 5 de jul. 2015. Espaço Aberto, p. A2
Lobo ou cordeiro?. 2 de ago. 2015. Espaço Aberto, p. A2
O grito parado no ar. 6 de set. 2015. Espaço Aberto, p. A2
Os reis também morrem. 4 de out. 2015. Espaço Aberto, p. A2
Por uma agenda nacional. 1 de nov. 2015. Espaço Aberto, p. A2
SOS Brasil. 6 de dez.2015. Espaço Aberto, p. A2

2016

Sinais de preocupação e esperança. 3 de jan.2016. Espaço Aberto, p. A2
O certo e o errado. 7 de fev. 2016. Espaço Aberto, p. A2
Cartas na mesa. 4 de mar. 2016. Espaço Aberto, p. A2
A Constituição é o caminho. 3 de abr. 2016. Espaço Aberto, p. A2

Opinião, Rio de Janeiro, 1972-1976

1972
O partidão do Sr. Freire. n. 3, p. 20-27, nov. 1972.
Uma austera, apagada e vil tristeza. n. 4, 27 nov. /4 dez. 1972.

1973
A esfinge fantasiada. n. 9, 1-8 jan. 1973. Política.
Gladiadores de marionetes. n. 11, 15-22 jan. 1973.
As concessões temerárias. n. 13, 29 jan./5 fev. 1973.
Os mitos da oposição I. fev. 1973.
Os mitos da oposição II. n. 22, 2-9 abr. 1973.
Prosperidade industrial e caos social. n. 26, 30 abr./7 maio 1973.

1974
O papel dos novos governadores. n. 86, 1º jul. 1974.
O problema institucional brasileiro-2. A democracia do professor Huntington.
n. 94, 26 ago. 1974.
O presidente e os partidos. n. 96, 9 set. 1974.
Um ponto sem retorno ou como enfrentar as tentações da uva verde. n. 109, 6 dez. 1974. Eleições.
Distraindo o eleitor. n. 111, 20 dez. 1974.
O projeto institucional e o povo. n. 113, 3 jan. 1975. Especial/O ano que passou. O Brasil em 1974. 1-O Governo.

1975
As opções da oposição em São Paulo. MDB no poder? n. 120, 2 fev. 1975.
A crise internacional e o futuro dos países subdesenvolvidos. Em busca de uma nova utopia. n. 121, 28 fev. 1975.
Nem só de pão. p. 5, 14 mar. 1975.
Reforma partidária? n.126, 4 abr. 1975.
As multinacionais e a democratização. n. 130, 2 maio 1975.
Dois pesos e duas medidas. n. 131, 9 maio 1975.
Opções fundamentais. n.137, 20 jun. 1975.
Além do debate. 1º ago. 1975. O Brasil, p. 3.

1976
A SBPC e a responsabilidade dos cientistas. Contra o “magister dixit”.
9 jul. 1976. Especial, p. 3.
O fato e a versão: ainda a SBPC. n. 194, 23 jul. 1976. O Brasil, p. 3.
Que posição ganhou (ou perdeu?). n. 213, 3 dez. 1976. O Brasil, p. 3.

Pasquim, Rio de Janeiro
Eu queria dizer o seguinte. ano 13, n. 655, 14 – 20 jan. 1982.

Senhor Vogue, São Paulo 1978 e 1982
1978
Brasil: as raízes e o futuro. 1978. p. 140. Prefácio da série Livros indispensáveis à compreensão do presente, 1, publicada na seção Resumo do mês referente a obra de Sérgio Buarque de Holanda, “Raízes do Brasil”.

À espera de grande indústria & favela. 1978. p. 115-116. Prefácio da série Livros indispensáveis à compreensão do presente, 2, publicada na seção Resumo do mês referente a obra de Gilberto Freyre, “Casa grande e senzala”.

Os bandeirantes do ar. 1978. p. 118. Prefácio da série Livros indispensáveis à compreensão do presente, 3, publicada na seção Resumo do mês referente a obra de Roberto Simonsen, “A História econômica do Brasil (1500-1820)”.

Canudos: o outro Brasil. 1978. p. 108-109. Prefácio da série Livros indispensáveis à compreensão do presente, 4, publicada na seção Resumo do mês referente a obra de Euclydes da Cunha, “Os sertões”.

A história e seu sentido. 1978. p.125. Prefácio da série Livros indispensáveis à compreensão do presente, 6, publicada na seção Resumo do mês referente a obra Caio Prado Júnior, “Formação do Brasil contemporâneo”.

O descobrimento da economia. ago. 1978. p. 107. Prefácio da série Livros indispensáveis à compreensão do presente, 5, publicada na seção Resumo do mês referente a obra Celso Furtado, “Formação econômica do Brasil”.

Fotógrafo amador. out. 1978.p.129. Prefácio da série Livros indispensáveis à compreensão do presente, 7, publicada na seção Resumo do mês referente a obra Paulo Prado, “Retrato do Brasil”.

1982
Socialismo e liberdade. Senhor Vogue, abr. 1982. Comentários sobre as obras de FERNANDES, Rubens César. Os dilemas do socialismo. São Paulo: Paz e Terra, 1982, LAFER, Celso. Ensaios sobre a liberdade. São Paulo: Perspectiva, 1980 e MOTTA, Fernando C. Prestes. Burocracia e auto-gestão, São Paulo: Brasiliense, 1981.

The Financial Times, Londres
1973
Industrial prosperity and social chaos. 19 abr. 1973.
Social policy offers little to the poor. 13 nov. 1973. Brazil – Financial Times Survey, p. 21.

Última Hora, Rio de Janeiro
1976
As multinacionais e a política. 1º ago. 1976.