Fundação Instituto Fernando Henrique Cardoso

Vida e obra de FHC

Sociólogo, professor e pesquisador, escreveu sobre mudança social, desenvolvimento e democracia. Foi senador, ministro das Relações Exteriores e da Fazenda, e presidente da República.

Organização

As normas e procedimentos do Acervo consideram dois padrões de organização: material e lógica.

A configuração material determina como acondicionar e armazenar os documentos em depósitos e ambientes favoráveis à sua integridade física. Para a racionalização do uso do espaço definem-se unidades de arquivamento, ou seja, os recipientes, invólucros ou formatos tomados como base mínima de acondicionamento e armazenamento. A cada unidade de arquivamento corresponde um código numérico de identificação, que permite localizar os documentos nos depósitos e mobiliários.

A configuração lógica permite a consulta a partir de critérios universais de acesso e classifica os documentos de modo a preservar sua organicidade e funcionalidade. A organicidade liga o documento à instituição que lhe deu origem, refletindo suas atividades. A funcionalidade deve garantir que os documentos representem as circunstâncias e o contexto que justificaram sua acumulação e guarda. Por este motivo eles são descritos individualmente e trazem o registro das circunstâncias em que foram criados ou acumulados.